Home > Novidades > Conheça os Pricipais Erros Alimentares na Gravidez

Conheça os Pricipais Erros Alimentares na Gravidez

Grávidas geralmente estão expostas a uma série de mitos e sensos comuns. Cada pessoa diz uma coisa diferente sobre determinada situação e a gestante nunca sabe ao certo o que fazer.

Isso resulta em uma série de erros comumente cometidos pelas grávidas, por isso resolvemos dar uma de caçadores de mitos e avacalhar com os 10 erros mais cometidos por uma Gestante.

1 Eliminar o café da manhã

Deixar de tomar o café da manhã é um hábito péssimo e perigoso para tentar manter o peso. Ao fazê-lo, a gestante expõe o seu bebê, que necessita de um fornecimento continuo de energia, a um período de jejum extremamente prolongado de cerca de 16 a 18 horas.

O que não pode faltar no café da manhã de uma grávida:

– Água
– Leite e derivados: fornecem proteínas de elevada qualidade biológica (ricas em aminoácidos essenciais) minerais (Cálcio, Fósforo, Magnésio,etc.) e vitaminas
– Cereais: para que obtenha energia e fibras
– Frutas: que concede vitaminas

2 Fazer regime sem uma consultoria médica

A gravidez não é a ocasião adequada para fazer um regime restritivo, a não ser que seja por recomendação médica e com acompanhamento nutricional. Regimes e dietas poderão provocar insuficiências nas necessidades calóricas e em nutrientes específicos de que poderão resultar graves consequências para o seu bebê, como aborto espontâneo ou morte neonatal.

3 Não respeitar as recomendações do seu médico

Pequenas recomendações médicas que acreditamos ser “bobagens” ou “exageros do médico” podem ter consequências desastrosas se não seguidas, principalmente as alimentares.

As regras na alimentação estabelecidas na gravidez pretendem cumprir propósitos muito concretos no que diz respeito seja na satisfação das necessidades qualitativas e quantitativas da grávida, seja na manutenção do seu peso.

O não cumprimento daquelas poderá provocar consequências muito graves para a manutenção da saúde do bebê.

4 Comer por dois

A idéia é completamente compreendida fora do contexto, o objetivo não é este. Há 50 anos ainda se afirmava que a mãe deveria comer bastante, o que resultava no aumento do peso em cerca de 20-25 Kg, ocasionando importantes perturbações na saúde materna e infantil.

Comer por dois hoje se compreende em fornecer ao seu bebê alimentos variados em quantidades apropriadas. Quantitativamente.

5 Consumir álcool

O álcool é uma substância calórica e sem interesse nutritivo que pode causar lesões graves ao feto. Ainda existe uma linha na medicina que estuda efeitos positivos do álcool na gravidez, mas nada ainda foi efetivamente comprovado e os malefícios são bem maiores do que os benefícios. Corte o álcool já!

6 Exagerar no sal

É necessária apenas uma pequena quantidade de sal, não mais que 5g no final da gravidez. Também não é necessário aumentar as doses de sal porque ele já está presente na alimentação. Evite alimentos extremamente salgados e seja suave no tempero. O excesso de sal pode ocasionar retenção de água e, por vezes, edemas além de favorecer a HTA (hipertensão arterial) se houver predisposição.

7 Consumir alimentos com açúcar simples

Açúcar refinado, mel, adoçantes artificiais, doces em geral (biscoitos, bolachas, gelados) e chocolates, fruta de conserva, condimentos que contenham açúcar (maionese, molhos, etc.) deverão ser eliminados porque aumentam a circulação de açúcar e de insulina o que provoca o seu armazenamento sob a forma de gordura. Não proporcionam fornecimento contínuo de energia.

8 Abusar de certos alimentos

Além do álcool, deve-se tomar cuidad com  café e o chá (em grandes quantidades), enchidos, alimentos defumados, comidas muito condimentadas, frituras e guisados também não devem ser consumidos durante a gestação e amamentação. Evite também as gorduras de origem animal. Não cozinhe com óleos de tempero.

9 Descuidar

Preparar bem os alimentos – carne não cozidas pode ter toxoplasmose. Atenção à preparação de alimentos no forno microondas, pois não elimina os micróbios como faz a cozinha tradicional.

10 Descuidar o peso

Nunca descuide do peso. As alterações significativas do peso terão repercussões negativas e graves para a saúde do seu bebê.

Categories: Novidades
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: